loading...

Com aumento na concessão de crédito no 1º tri, Sicoob reforça sua atuação na justiça financeira dos brasileiros

Durante o primeiro trimestre de 2020, o Sicoob registrou um valor de R$ 64,3 bilhões no volume de Operações de Crédito, cerca de 22% a mais do que o computado de janeiro a março do ano anterior. Atuando com taxas mais justas do que as praticadas pelo mercado bancário, o sistema cooperativista mostra, mais uma vez, sua força no estímulo à justiça financeira dos cooperados.

As receitas das Operações de Crédito aumentaram 9,1%, se aproximando de R$ 2,8 bilhões, com relação ao mesmo período do ano passado. Como principal consequência, a entidade teve alta de 29,3% em suas sobras líquidas, somando R$ 897,6 milhões em recursos que retornam a seus cooperados ou no desenvolvimento das cooperativas. Termo utilizado para representar o lucro líquido das cooperativas financeiras, o valor das ‘sobras líquidas’ também indica o volume de recursos que serão distribuídos entre os cooperados do sistema, já que a instituição não tem fins lucrativos.


Os ativos totais avançaram 15,6%, registrando saldo de R$ 121,5 bilhões em março de 2020, ante R$ 105 bilhões no 1T19. Já o patrimônio líquido somou R$ 23,8 bilhões, 8% superior ao registrado no primeiro trimestre de 2019. 


Ainda nos três primeiros meses do ano, houve progressão de 19,7% em depósitos totais, atingindo R$ 77,8 bilhões. Em relação aos depósitos à vista, o Sistema cresceu 40,6%, com R$ 19,1 bilhões registrados. Os depósitos a prazo somaram R$ 47 bilhões, acréscimo de 10,6%.  Os depósitos na poupança avançaram 23,6% se comparado ao primeiro trimestre de 2019, registrando R$ 6,6 bilhões.


Na comparação com o primeiro trimestre de 2019, o Sicoob aumentou as provisões em 26,1%, chegando a R$ 4 bilhões, contra R$ 3,2 bilhões no ano passado. A recomposição foi necessária, explica a entidade, para proteção de resultados futuros frente ao cenário ocasionado pelo coronavírus, que requer maior busca por crédito por parte da sociedade.


Entre os destaques do período, está a evolução do número dos cooperados em 8,5%, passando de 4,37 milhões em março de 2019 para 4,74 milhões no mesmo mês de 2020. “São cerca de 2,5 mil novos cooperados por dia útil. No Sicoob, promovemos a justiça financeira, principalmente em comunidades menores e onde os bancos não atuam, contribuindo para o desenvolvimento do Brasil, além de estimularmos a cooperação entre indivíduos, com o sentimento de pertencimento e com a responsabilidade socioeconômica em todo o País”, afirma Marco Aurélio Almada, presidente do Bancoob. 


Atualmente, o Sicoob é a única instituição com pleno atendimento financeiro em 308 municípios brasileiros, chegando a 1.882 cidades em todo território nacional e somando 3.394 pontos de atendimentos. Somente de janeiro a março, foram inaugurados 92 locais para atendimento, contrapondo as instituições financeiras tradicionais, que reduzem constantemente a presença física em diversas localidades.

Com amplo portfólio de produtos e serviços financeiros – conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio e seguros –, o Sicoob destaca-se como uma alternativa segura para pessoas físicas e jurídicas, já que pratica taxas bem mais justas no mercado. 

Tecnologia para ampliar atuação

Além da presença física em todo o Brasil, o Sicoob investe cada vez mais em seus canais digitais e observa que o planejamento é acertado. Entre janeiro e março de 2020, cerca de 40 mil cooperados realizaram sua filiação pelo aplicativo Sicoob Faça Parte, totalizando R$ 43 milhões em Operações de Crédito e R$ 37,6 milhões em depósitos.


As transações em canais digitais representaram 77% do total de operações financeiras e não financeiras do Sicoob. Isso denota que o avanço tecnológico, com reforço na usabilidade e na segurança, transforma-se em resultados positivos para o sistema. Somente o App Sicoob representou mais de 56% das operações do sistema no período.
 

 
0