loading...

Surgimento e desenvolvimento do Cooperativismo

Em 21 de dezembro de 1844, no bairro de Rochdale, em Manchester (Inglaterra), 27 tecelões fundaram a “Sociedade dos Probos Pioneiros de Rochdale”, resultado da economia mensal de uma libra de cada participante durante um ano.
Tendo como principal finalidade o bem estar de seus participantes , e não o lucro, o grupo de tecelões de Rochdale buscava naquele momento uma alternativa econômica para atuarem no mercado, frente ao capitalismo ganancioso que os submetia a preços abusivos, exploração da jornada de trabalho, incluindo mulheres e crianças, e combater o desemprego crescente advindo da Revolução Industrial.
Naquele momento, a constituição de uma pequena cooperativa de consumo, estaria mudando os padrões econômicos da época e dando origem ao movimento cooperativista. Tal iniciativa foi motivo de descrença por parte dos comerciantes, mas logo no primeiro ano de funcionamento o capital da sociedade aumentou para 180 libra. O “Armazém de Rochdale” já contava com 1.400 cooperantes Ou cooperados. O sucesso dessa iniciativa passou a ser um exemplo para outros grupos.
O cooperativismo evoluiu e conquistou um espaço próprio, definido uma nova forma de pensar do homem, o seu trabalho e o desenvolvimento social.
Por seu caráter igualitário e social, o cooperativismo é aceito por todos os governos e reconhecido como uma fórmula democrática para a solução de problemas socioeconômicos.

 
1

Intranet       Twitter