loading...

RDC

 

Investimento de renda fixa em que a rentabilidade pode ser pré ou pós-fixada para sua empresa investir a curto e a longo prazos.

 

  Confira as modalidades:

 

LONGO - CDI

Aplicação pós-fixada, indexada ao CDI, com vencimento em até 5.000 dias. Perfeita para quem procura maximizar os seus rendimentos no longo prazo. Possui liquidez diária (D+0): basta solicitar o resgate e o valor estará disponível em conta corrente no mesmo dia. Haverá incidência do IR somente no momento do resgate parcial ou total. Quanto maior o prazo da aplicação, menor a alíquota do IR. O valor mínimo para aplicação é de R$ 50,00.

Tributação:  conforme as tabelas 1 e 2.

 

CURTO - CDI 

Ideal para quem procura maximizar os seus rendimentos no médio prazo. É uma aplicação pós-fixada, indexada ao CDI, com vencimento em até 721 dias. Possui liquidez no vencimento, data em que o valor investido, acrescido da rentabilidade líquida, será creditado em conta corrente. Nessa modalidade, a taxa é diferenciada. Haverá incidência do IR. no vencimento da aplicação. Quanto maior o prazo da aplicação, menor a alíquota do IR. O valor mínimo para aplicação é R$ 50,00.

Tributação: conforme a tabela 1.

 

CURTO - PRÉ 

Aplicação pré-fixada, de prazo mínimo de 30 dias e máximo de 361 dias. Possui liquidez no vencimento, data em que o valor investido, acrescido da rentabilidade líquida, será creditado na conta corrente. Há incidência do IR no vencimento da aplicação, mas vale lembrar que quanto maior o prazo, menor a alíquota do IR. O valor mínimo para aplicação é de R$ 50,00. O RDC curto prazo é uma excelente opção para quem vai precisar dos recursos mais rapidamente e sabe exatamente quando terá que resgatar o dinheiro aplicado.

Tributação: conforme a tabela 1.

 

 

 

Tabela 1: IMPOSTO DE RENDA

  • 22,5% em aplicações com prazo de até 180 dias
  • 20% em aplicações com prazo de 181 até 360 dias
  • 17,5% em aplicações com prazo de 361 até 720 dias
  • 15% em aplicações com prazo acima de 720 dias (2 anos)

 

 

Tabela 2: IOF 

Nos resgates realizados com menos de 30 dias de aplicação, haverá incidência do IOF - Imposto sobre Operações Financeiras.