loading...

Credicom deposita mais de 43 milhões para seus cooperados

Credicom deposita mais de 43 milhões para seus cooperados.

Você já sabe que quanto mais utiliza os produtos e serviços da Credicom maior a sua participação nos resultados (sobras) da cooperativa. A novidade é que no dia 24 de agosto, a instituição fará algo inédito: depositará na conta corrente de seus cooperados (pessoa física e jurídica) o valor de sobras relativo ao relacionamento com a Cooperativa em 2019: R$26.567.864,38.

 

O Sicoob Credicom obteve no último ano mais um recorde em distribuição de resultados: R$43.294.773,99. Destes, R$16.726.909,61 já foram pagos em 31 de dezembro de 2019 referente à remuneração de juros ao capital. Para receber sobras por relacionamento, o cooperado precisa , movimentar sua conta corrente, utilizar serviços e produtos: aplicação financeira, cartão de crédito, maquininha da Sipag e canais eletrônicos. O rateio é feito proporcional à utilização. No último ano apurado, 41.388 pessoas físicas e 8.603 pessoas jurídicas receberam retorno por manterem esse relacionamento. Há anos esse valor é creditado na conta capital* dos cooperados, porém, neste momento, devido à pandemia da Covid-19, a Credicom tem buscado mais alternativas para apoiar e dar suporte financeiro aos seus associados.

 

Por isso, os mais de 26 milhões que normalmente seriam depositados na conta capital dos cooperados, estarão disponíveis nas respectivas contas correntes. Assim, cada um poderá utilizar o recurso da maneira que preferir. Garibalde Mortoza, presidente da Cooperativa, tem uma sugestão: “Tomamos essa decisão por estarmos enfrentando uma crise, com um cenário desafiador. e ter esse dinheiro à disposição permitirá que o cooperado defina qual o melhor destino para ele. Deixo aqui uma sugestão: integre esse valor ao seu capital social na Credicom. Eu farei isso, já que é um investimento seguro e os ganhos são excelentes. Para se ter uma ideia, a rentabilização média do capital foi de 14,04%, o que equivale a 242% do CDI.”, afirmou Mortoza.

 

Sobre essa destinação de sobras em conta corrente, o mais importante é que a Credicom, mesmo com um cenário de crise pode tomar esta decisão. É a maior Cooperativa de Minas Gerais e a maior da área da Saúde do Brasil, apoiando seus cooperados em todos os momentos.

 

Nós temos o propósito de conectar pessoas para promover prosperidade com justiça financeira e trabalhamos efetivamente para isso. Prova disso são as renegociações que fizemos. Somente no 1º semestre, a Credicom repactuou 1.660 contratos com carência e liberou novos créditos com excelentes condições para 4.255 cooperados, como uma das formas de minimizar os impactos da Pandemia da Covid-19. Ao todo, R$428.411.233,00 de renegociação e R$419.316.180,00 de novos empréstimos foram concedidos aos cooperados pessoas físicas e jurídicas. Isso é colocar em prática a nossa essência e a razão pela qual a Cooperativa existe.

 

Aqui, você sabe que, realmente, pode contar com a gente. Afinal, é mais do que cliente: é sócio. Seguiremos juntos com tudo que uma instituição financeira pode entregar, de forma diferente, sempre pensando nas suas necessidades e dividindo os resultados com você, cooperado Credicom.

 

Conta capital: o destino da sua participação nos resultados

 

Ao se associar ao Sicoob Credicom, o cooperado adquire uma ou mais cotas da Cooperativa e o valor delas é depositado na Conta Capital, uma conta individual, aberta em nome do associado. As cotas de todos integram o capital social da Credicom. O valor acumulado na conta capital é, também, uma reserva para o futuro com excelente rentabilidade.