loading...

Perguntas frequentes

 

  1. O que uma cooperativa financeira do Sicoob oferece?

Uma cooperativa financeira do Sicoob oferece vantagens, os mesmos produtos e serviços que as demais instituições financeiras, tais como: conta corrente, cobrança bancária, débito automático de contas, cartões de crédito e débito, Internet Banking (SicoobNet), seguros, serviços de autoatendimento, recebimento de contas (carnês, consórcio, contas de água, luz, telefone, INSS, entre outros), DOC, DEC, TED, depósito à vista, movimentação por cheques, aplicações financeiras e poupança cooperada. 

 

  1. Quais são as vantagens e benefícios de uma cooperativa de crédito em relação a um banco?

Em uma cooperativa, o correntista não é apenas um cliente - é chamado de cooperado, porque também é dono do empreendimento. Por isso, ele tem acesso a produtos e serviços financeiros com juros e tarifas menores, além de receber um tratamento personalizado. A cooperativa é dirigida e controlada pelos associados, contribui para o desenvolvimento local por meio da retenção e aplicação dos recursos de poupança e renda no próprio município, além de promover a divisão dos resultados financeiros ao final do exercício. 

 

  1. Como faço para me associar à cooperativa?

Para se associar a uma cooperativa financeira Sicoob é necessário que você preencha os requisitos do estatuto da cooperativa e integralize cotas-mínimas de capital em uma conta capital. Para o caso do Sicoob Engecred deve pertencer às categorias profissionais das áreas de tecnologia, de engenharia e de arquitetura, de nível médio ou superior, e sejam residentes e domiciliadas no Estado de Minas Gerais

 

  1. O que é conta capital?

Ao se associar ao Sicoob, você e/ou sua empresa adquire cotas na cooperativa. O valor dessas cotas é depositado na Conta Capital, uma conta individual, aberta em seu nome ou nome da sua empresa. As suas cotas, juntamente com as dos outros associados, integram o capital social da cooperativa. Assim, quanto mais cotas sua empresa adquire, mais capitalizada será a sua cooperativa e maior a sua participação nos resultados dela.

 

  1. Qual a função do capital depositado na cooperativa?

O capital acumulado na cooperativa é a principal fonte de recursos para a concessão de empréstimos aos cooperados. Ele também é utilizado como base para cálculo dos seus limites de crédito, desta forma, quanto mais você poupar maiores serão seus limites e melhores as condições de crédito com o passar do tempo.

 

  1. Como posso sacar o capital acumulado?

A devolução do capital acumulado só é possível após o desligamento (perda de vínculo) com a cooperativa, seja por demissão da empresa conveniada ou por vontade própria. Em ambos os casos o resgate do valor só acontece após a quitação de eventuais dívidas na cooperativa. Nos casos de desligamento, o associado terá direito à devolução de suas quotas-partes integralizadas, acrescidas dos respectivos juros quando houver e das sobras que lhe tiverem sido registradas, ou reduzido das respectivas perdas e/ou dos débitos existentes, observando, em cada caso, além de outras disposições deste Estatuto Social.

De acordo com nosso Estatuto social:

  1. O associado que possuir capital social igual ou inferior a R$ 300,00 (trezentos reais) terá direito, quando de seu desligamento, à devolução de suas quotas-partes no prazo de até 30 (trinta) dias após o seu desligamento, em uma única parcela;

 

  1. Para o associado que possuir capital social superior a R$ 300,00 (trezentos reais), deve ser observado o seguinte:
  2. a) a devolução das quotas-partes será realizada após a aprovação, pela Assembleia Geral, do balanço do exercício em que se deu o desligamento do associado, acrescida da respectiva atualização monetária, calculada desde a data da aprovação, pela Assembleia Geral, do balanço do exercício em que se deu o desligamento do associado, até o dia útil anterior à devolução;

 

  1. b) em casos de desligamento, o valor a ser devolvido pela Cooperativa ao associado será dividido em até 36 (trinta e seis) parcelas mensais e consecutivas;

 

  1. c) os herdeiros de associado falecido terão o direito de receber os valores das quotas-partes do capital e demais créditos existentes em nome do de cujus, atendidos os requisitos legais, apurados por ocasião do encerramento do exercício social em que se deu o falecimento, em até 12 (doze) parcelas mensais e consecutivas, ressalvado o enquadramento do associado falecido ao disposto no inciso I deste artigo, quando então serão aplicadas as regras deste inciso I;

 

  1. d) os valores das parcelas de devolução nunca serão inferiores aos estipulados pelo Conselho de Administração.

 

  1. Como funciona o resgate eventual?

 

De acordo com o Estatuto:

 

Art. 34. Ao associado pessoa natural (física) que cumprir as disposições deste Estatuto, não estiver inadimplente perante a Cooperativa, contar com 60 anos ou mais de idade, estar aposentado legalmente, e ter no mínimo 15 (quinze) anos de associação será facultada a devolução de 50% (cinquenta por cento) de suas quotas-partes, observando o seguinte:

 

  1. a opção de resgate eventual será exercida uma única vez, considerando- se o saldo em conta capital do último exercício aprovado pela Assembleia Geral;

 

  1. o valor a ser devolvido pela Cooperativa como resgate eventual ao associado, será dividido em até 24 (vinte e quatro) parcelas mensais e consecutivas;

 

III.          o Conselho de Administração deliberará acerca da possibilidade de devolução e das condições aplicáveis ao resgate eventual, observado que os valores das parcelas de devolução nunca serão inferiores aos estipulados pelo Conselho de Administração;

 

  1. tornando-se inadimplente em qualquer operação, o associado perderá automaticamente o direito de receber as parcelas do resgate eventual vencidas e não pagas ou vincendas, podendo a Cooperativa aplicar a compensação prevista neste Estatuto;

 

Parágrafo único. O associado pessoa jurídica não fará jus ao resgate eventual.

 

Art. 35 O resgate eventual de quotas-partes integralizadas depende, inclusive, da observância dos limites estabelecidos pela regulamentação em vigor e a integridade e inexigibilidade do capital e patrimônio líquido, cujos recursos devem permanecer por prazo suficiente para refletir a estabilidade inerente à natureza de capital fixo da instituição.

 

  1. Uma cooperativa de crédito empresta dinheiro com juros menores que os praticados pelos bancos?

Sim. Por serem instituições financeiras sem fins lucrativos, as cooperativas de crédito Sicoob possuem linhas de financiamento para obtenção de empréstimos com juros e taxas menores.

 

  1. As cooperativas de crédito Sicoob recebem contas de água, luz e telefone?


Sim. As cooperativas de crédito Sicoob recebem também todos os boletos bancários, além de carnês, consórcios, INSS, entre outros.

  1. O que é o FGCoop e como funciona na prática?

O FGCoop é o Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito, uma associação civil sem fins lucrativos, com personalidade jurídica própria, de direito privado, de abrangência nacional, regulamentado e fiscalizado pelo Banco Central do Brasil. O FGCoop permite recuperar os depósitos ou créditos mantidos nas cooperativas singulares de crédito e nos bancos cooperativos até o valor de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ, em caso de intervenção ou liquidação extrajudicial.

 

  1. Quem faz a gestão da Cooperativa?

A administração da Cooperativa é exercida por cooperados escolhidos pelos próprios cooperados por meio de três órgãos sociais:  Conselho de Administração, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva. Estes órgãos que se reúnem regularmente, pelo menos uma vez ao mês, para avaliação do andamento dos trabalhos.

Conselho de Administração: composto por cooperados eleito em Assembleia Geral com mandato de quatro anos. Tem a função de fixar a orientação geral e estratégica dos negócios, direcionar, homologar e monitorar os objetivos e políticas da Cooperativa, objetivando o bem-estar econômico e social dos associados e a perenidade da Cooperativa. Tem o dever de prestar contas aos associados sobre sua atuação.

Diretoria Executiva – atualmente é composta por três membros dentre os integrantes do Conselho de Administração eleito por seus pares, para um mandato de quatro anos. É de sua responsabilidade a implementação das diretrizes fixadas pelo Conselho de Administração, a consecução das metas e responder pelo desempenho da Cooperativa. Compete ainda a coordenação, direcionamento e acompanhamento da atuação da gestão executiva contratada.

Para dar execução à estratégia e aos projetos, a Cooperativa conta ainda com uma equipe de Gestão Administrativa composta por profissionais contratados no mercado para executar as atividades diárias e o atendimento das demandas dos associados.

Gestão Administrativa Contratada – composta por profissionais contratados no mercado que têm a responsabilidade pela administração do dia a dia da Cooperativa, pela execução da estratégia e das atividades operacionais de suporte e atendimento das demandas e do relacionamento com os associados. Dedicam tempo integral às atividades proporcionando dinamismo ao funcionamento da Cooperativa.

 

  1. Como acessar sua conta pela internet?
  • Cadastre e valide sua senha de acesso (8 dígitos) em qualquer Cooperativa do Sicoob.
  • A partir do site sicoob.com.br, informe de qual seguimento pertence (Empresarial, Pessoal ou Não correntista), os números de sua cooperativa e conta corrente/chave de acesso e clique OK para continuar.
  • Na tela que apresenta o teclado virtual, digite sua senha de 8 dígitos.
  • Você já está na internet banking do Sicoob (SicoobNet).

 

  1. Quais os recursos necessários para o acesso?

Para utilizar a internet banking do Sicoob, você precisa de um computador com acesso à internet e um programa de navegação (browser) instalado. É necessária também a instalação da “Máquina Virtual Java (JVM)”, que pode ser feita gratuitamente pelo site http://www.java.com/pt_BR/download.

  1. Todos os associados deverão cadastrar seus computadores/dispositivos móveis para acessar a internet banking (SicoobNet)?

O cadastramento de computadores é obrigatório para efetuar as transações financeiras (pagamentos e transferências).

 

  1. Como faço para cadastrar o meu computador?
  • 1º passo: acesse sua conta pela internet banking (SicoobNet) e acesse qualquer transação financeira. É considerada transação financeira toda operação que altere o saldo da conta, por exemplo, pagamento de títulos, transferência entre contas, resgate de poupança, etc. O cadastro pode ser iniciado através do menu “Outras Opções > Computadores > Gerenciamento de Computadores”.
  • Siga os passos indicados, e anote o Código de Liberação que será apresentado ao final em seu computador (Código de Liberação é um número de 4 dígitos).
  • 2º passo: agora, basta liberar o seu computador informando o Código de Liberação em outro canal de atendimento de sua escolha, que pode ser:
  • Em um caixa eletrônico do Sicoob: acessando o menu, clique em “Outras opções > Liberar / Bloquear Computadores > SicoobNet Pessoal”, apenas pessoa física;
  • Em sua Cooperativa de Crédito do Sicoob, tanto pessoa física, quanto jurídica;
  • Ao concluir o “2º passo” seu computador estará cadastrado e liberado para realizar transações financeiras (pagamentos e transferências) pela internet.

 

  1. O que ocorre se eu não cadastrar e liberar o meu computador?

Somente serão disponibilizadas as transações de consulta (saldos e extratos).

 

  1. É necessário cadastrar todos os computadores para acessar a internet banking (SicoobNet)?

Sim, é necessário cadastrar os todos os computadores que, além das transações de consulta, necessitem executar transações financeiras. Para transações de consulta poderão ser efetuadas a partir de quaisquer computadores, cadastrados ou não.

 

  1. Como faço para cadastrar outros computadores?

Para cadastrar novos computadores, basta acessar a internet banking (SicoobNet) a partir do computador a ser cadastrado. Repita o mesmo procedimento do cadastro do primeiro computador.Você receberá um novo Código de Liberação e deverá informá-lo em outro canal de atendimento para concluir o processo.

 

  1. Posso cadastrar mais de um computador?

Sim. A internet banking (SicoobNet) não limita a quantidade de computadores que podem ser cadastrados, basta somente liberá-los corretamente.

 

  1. Após cadastrar meu computador, poderei movimentar, a partir dele, todas as minhas contas?

Sim, porém para cada conta deverá ser efetuado cadastramento específico.

 

  1. Em se tratando de conta conjunta, quando um dos titulares cadastra um computador, outro titular poderá utilizá-lo para acesso à mesma conta?

Sim, o cadastramento é por conta corrente com identificação do acesso e movimentação de cada titular da conta. Cada sócio gera uma chave de acesso, para acessar sua conta.

 

  1. Como faço para consultar os meus computadores cadastrados?

Na internet banking (SicoobNet), menu principal, clique em “Outras Opções > Computadores > Gerenciamento de Computadores”. Você poderá consultar seus computadores cadastrados, excluir computadores, alterar o apelido de um computador para facilitar a sua identificação e a quantidade de computadores que podem ser cadastrados.

 

  1. Como posso descadastrar computadores que não utilizarei mais para realizar transações financeiras?

No internet banking (SicoobNet), menu principal, clique em “Outras Opções > Computadores > Gerenciamento de Computadores “. Selecione o computador e clique em “Excluir Computador”. Você também pode incluir uma data de validade para o cadastramento de cada computador. Na data indicada, o computador será automaticamente descadastrado.

 

  1. Posso definir ou alterar a quantidade de computadores que podem ser cadastrados?

Sim. O sistema permite que você defina ou altere a quantidade máxima de computadores que podem ser cadastrados de acordo com sua necessidade. Para isto basta acessar o internet banking (SicoobNet) no menu principal, “Outras Opções > Computadores > Gerenciamento de Computadores”, e clicar no botão “Alterar quantidade”.

 

A transação "Gerenciamento de Computadores" pode ser acessada de qualquer computador?
Não. Por segurança, essa transação pode ser acessada apenas a partir de computadores já cadastrados e liberados.

 

  1. O que é o Código de Liberação?

É um número composto por 4 dígitos que é apresentado na tela do seu computador a ser cadastrado. Ele é exclusivo para cada computador e deve ser utilizado para concluir o cadastramento.

 

  1. Qual é a validade do meu Código de Liberação?

O Código de Liberação possui validade de 15 dias a partir do momento em que for apresentado na tela de seu computador. Durante esses 15 dias o Código deve ser utilizado para concluir o cadastramento, do contrário, será cancelado.

 

  1. Como devo proceder caso esqueça o meu Código de Liberação, ou não o utilize no prazo estabelecido?

Basta gerar novo Código no computador a ser cadastrado. Para isso, utilizando o computador que deseja cadastrar, siga os passos para o cadastramento.

 

  1. Recebi um Código de Liberação no computador. O que devo fazer?

Para concluir o cadastramento, você deverá informar o Código de Liberação em qualquer um dos canais de atendimento listados abaixo:

  1. a) Em um caixa eletrônico: acessando o menu “Outras opções > Liberar / Bloquear Computadores > SicoobNet Pessoal”, para pessoa física;
    b) Em sua Cooperativa de Crédito do Sicoob, para pessoa física e jurídica.

 

  1. Recebi o Código de Liberação em um dos meus computadores. Posso usar este Código para concluir o cadastramento de qualquer computador?

Não. O Código de Liberação está vinculado apenas ao computador em que foi apresentado.

 

  1. Se eu viajar, como deverei proceder para acessar minha conta pela Internet?

Para consultas, o acesso permanece liberado a partir de qualquer computador, mesmo não cadastrado. Para transações que exigem confirmação com a senha do cartão (de 6 dígitos), você deverá cadastrar o computador a ser utilizado.

 

  1. Quando tento liberar meu computador com o Código de Liberação, o sistema informa que ele está inválido. Por quê?

O Código de Liberação é válido por 15 dias a partir de sua apresentação na tela do computador. Se o Código foi gerado há mais de 15 dias, será necessário gerar um novo, usando o mesmo computador. Caso ainda esteja no prazo de 15 dias, confirme se anotou o Código corretamente (usando o mesmo computador, basta seguir os mesmos passos para geração do Código).
Persistindo o problema, consulte a Central de Atendimento do Sicoob (0800 642 0000).

 

  1. Um computador cadastrado e não utilizado pode vir a ser descadastrado?

Sim. Por medida de segurança, o computador não utilizado por um período de 180 dias para acesso ao internet banking (SicoobNet) poderá ser automaticamente descadastrado do sistema.